(42)3028-2800 / 3028-2822 (42)99928-0252

Terapia vibracional com Florais Quânticos

Data de publicação: 21 de maio de 2019

Terapia vibracional com Florais Quânticos: principais conceitos

 

Os florais são a base de uma terapia para o equilíbrio das emoções. Hoje, vamos discorrer a respeito dos conceitos e concepções acerca dessa linhagem e apresentar um pouco da história dos Florais Quânticos. Acompanhe conosco!

 

Diátese é o conjunto de características que definem o perfil individual, levando em consideração os aspectos físicos e psicológicos demonstrados pelo paciente. Segundo o Dr. Jacques Ménétrier – médico inspetor-geral de medicina do trabalho em Paris (1908-1986), uma diátese exprime a transição entre um estado de saúde e um estado de doença.

Após anos de estudo, Ménétrier comprovou existir quatro “comportamentos” possíveis em termos de predisposições genéticas: diátese I ou estênica, diátese II ou hipostênica, diátese III ou distônica e diátese IV ou anérgica.

 

  1. Diátese I ou Estênica: atua com base no Manganês (Mn), elemento capaz de amenizar os principais sintomas – neuralgias, distúrbios digestivos, alterações de tireoide, insônia, entre outros.
  2. Diátese II ou Hipostênica: regulariza casos de baixa imunidade, distúrbios alimentares, dificuldade de raciocínio e problemas relacionados à memória com base nos minerais Manganês e Cobre (Mn-Cu)
  3. Diátese III ou Distônica: a partir dos minerais Manganês e Cobalto (Mn-Co), a diátese III normaliza problemas circulatórios, cardiovasculares, além de distúrbios hormonais.
  4. Diátese IV ou Anérgica: três minerais atuam na diátese IV, são eles: cobre, ouro e prata (Cu-Au-Ag). Responsáveis pela regulação de deficiências imunológicas e problemas relacionados ao sistema circulatório (anemia, leucemia, etc)

 

Devemos considerar ainda a Diátese V, uma modalidade regulada pelo Zinco (Zn), catalisador da hipófise. Ela atua perante o agravamento dos sintomas de uma das Diáteses anteriores.

Toda pesquisa cientifica desenvolvida pelo Dr. Jacques é observada em nosso cotidiano. O papel da Terapia vibracional com Florais Quânticos é justamente equilibrar e manter a sensação de bem-estar em todo organismo vivo. Para isso, foram desenvolvidas as chamadas Essências Vibracionais – preparado natural, artesanal, que traz registrado em seu conteúdo o padrão de uma ou diversas manifestações da Consciência originária da Natureza, que entram em ressonância com o campo da Consciência de pessoas, grupos, coletividades, animais, ambientes e ecossistemas, agindo como princípio catalisador que ativa processos de expansão e transformação da consciência, despertando seus talentos, virtudes e potenciais latentes, e resultando na restauração da paz, harmonia e equilíbrio.

Essa terapia vibracional (que trata não apenas os sintomas, mas a origem do problema) equivale a outros procedimentos como acupuntura, aromaterapia, quiropraxia, entre outros. Essas técnicas são indutoras de fluxos energéticos que visam promover a harmonia do organismo, agindo rapidamente e eliminando possíveis desequilíbrios.

A evolução da terapia com Florais Quânticos

Os primeiros estudos sobre as enfermidades e seus respectivos processos de cura, conforme mostra a história, são descritas por estudiosos das antigas comunidades que usavam a natureza e dela obtinham produtos que promoviam a recuperação dos quadros de debilidades. Com o desenvolvimento e o surgimento   das grandes civilizações, como os Sumérios na Antiga Babilônia, por volta de 4000 A.C, e também, os Chineses e Egípcios, constata-se que estes povos tinham uma vasta noção de procedimentos cirúrgicos e até mesmo de Saúde Pública.

Hoje, em pleno século XXI, temos um grande desenvolvimento da ciência devido a construção de medicamentos e equipamentos que possibilitam ações verdadeiramente fantásticas na área médica; na criação de químicos de largo espectros e na prática cirúrgica.

Mas tudo isto não exclui o fato de que é preciso voltar os olhos do conhecimento acadêmico para considerar que tudo acontece sobre bases da realidade invisível presente no micro e no macro universo, que atuam através de frequências energéticas muito sutis. A física quântica contempla e sinaliza um horizonte do qual devemos percorrer em nosso espaço presente, observando as lições que o passado nos oferece.

A Física Quântica, como concepção e reconhecimento humano surge por volta de 1920 pondo em pauta algumas das teorias newtonianas que regiam o mundo da física. Nesse sentido, podemos dizer que a Física Quântica tem um âmbito de aplicação mais amplo do que apenas o mundo microscópico e pode ser aplicada a sistemas em geral, onde as partes individuais funcionam em conjunto e se influenciam mutuamente.

Uma terapia vibracional com Florais Quânticos pode e deve ser complementada com o envio de frequências especificas às células, pois dessa forma o equilíbrio energético ocorre mais rápido.

Vivemos milhões de reações químicas por segundo, cada órgão tem seu ritmo próprio, o metabolismo segue suas regras de controle e cada sistema realiza sua tarefa segundo o padrão do seu fluxo energético funcional. Milhões de células se regeneram a cada espaço de tempo. Cada passo do processo da vida necessita de energia e informação fluindo e estabelecendo comandos bio funcionais. A consciência é a fonte estimuladora de cada processo. Não basta só a função, tudo precisa estar em perfeita harmonia e sincronismo, pois somente dessa forma alcançamos a saúde física e mental.

 

Referência bibliográfica

RIBEIRO, Juliana; SANTOS, Nivaldo. Modulando a vida com florais: Guia prático de terapia floral. 1 ed. Maringá: Produção independente, 2016. 128 p.

 


Juliana Ribeiro
Juliana Ribeiro

Juliana Parente Menezes Ribeiro CRF-PR: 14330. Farmacêutica de formação com habilitação em Análises Clínicas. Diretora técnica e proprietaria da Farmacia Eficácia Brasil desde 2002. Especialista em saúde quântica, farmácia magistral, cosmetologia, homeopatia, florais de Bach, Minas, St Germain e Quanticos, Auriculoterapia, practitioner de Bach (England). Pos graduanda em Farmacia Clínica. Professora credenciada no sistema Florais de Minas (Itaúna/MG), Técnica em Bioeletrografia (IUMAB), atua com biorressonancia e fitoterapia chinesa, co-autora do livro Modulando a Vida com Florais (2016). Docente na pós graduação em Saúde Quântica (Uninter, Facel e E-Eid). Colaboradora em diversos artigos na área de saúde Integrativa em jornais, revistas e blogs. Participou como farmacêutica colaboradora no livro Formulário Magistral Dermatológico no capítulo cosmetologia com óleos essenciais (2017).

Compartilhar: